Reynaldo Gianecchini: “Não assumi que sou gay. Falei que sou tudo”

Autor

Categorias

Compartilhe

Reynaldo Gianecchini, que revelou recentemente que já havia namorado homens durante alguns períodos da sua vida, mostrou que não quer ser rotulado como uma pessoa que possui uma sexualidade específica em entrevista à revista Pop-se, onde é capa da edição de março da publicação.

“Não assumi que sou gay. Falei que sou tudo”, afirmou o ator da Globo. “Cabe tudo dentro de mim, não me encaixo em nenhuma gaveta. É uma atitude política falar isso hoje em dia. A sociedade é muito careta. O Brasil é um país preconceituoso, racista e reprimido”, explicou Gianecchini.

O ator também fez questão de destacar que tomou a decisão de expor sua vida íntima pois não sente medo em mostrar quem realmente é. “A gente tem umas partes escondidas da gente, e muitas delas são de vergonhas que a gente tem de assumir quem a gente é. Falei porque não tenho mais vergonha nem medo de ser quem eu sou, ou de lá na Globo alguém falar que não é legal que se tenha falado disso. Honestamente, acho até que me coloca em outro patamar como artista”, fez questão de ressaltar.

Na capa da revista Pop-se Reynaldo Gianecchini aparece beijando ele mesmo. Na captação da imagem, Gianecchini beijou um modelo, que foi substituído digitalmente por uma imagem dele próprio na edição.

Autor

Compartilhe