Gêmeos na Índia recebem o nome de Corona e Covid

Autor

Categorias

Compartilhe

Um casal na Índia resolveu nomear seu casal de gêmeos recém-nascidos de Corona e Covid, fazendo alusão a pandemia global do coronavírus responsável por causar a Covid-19.

O casal de gêmeos Corona e Covid no colo de sua mãe, em maternidade na Índia.
O casal de gêmeos Corona e Covid no colo de sua mãe, em maternidade na Índia. (Reprodução)

Os bebês nasceram no último dia 27 de março, no estado indiano de Chhattisgarh, e são filhos do casal Preeti e Vinay Verna, segundo a rede de TV indiana NDTV.

“O parto aconteceu depois de enfrentar várias dificuldades e, portanto, eu e meu marido queríamos tornar o dia memorável”, disse a mãe dos gêmeos, de 27 anos, à agência de notícias Press Trust, da Índia.

A mãe dos gêmeos ainda contou que a decisão de nomear os gêmeos com o nome do vírus e da doença que assolam o planeta veio após uma brincadeira da equipe médica do hospital onde nasceram. “Quando a equipe do hospital também começou a chamar os bebês de Corona e Covid, finalmente decidimosdar esse nome para eles”, acrescentou.

Os pais são residentes no estado de Uttar Pradesh, e em virtude da quarentena imposta pelo governo indiano para conter a pandemia ocasionada pelo coronavírus, precisaram ter os filhos longe de casa. Ainda segundo a mãe, chamar os bebês assim é uma forma deles se lembrarem sempre dos momentos difíceis que a humanidade passa em decorrência da doença.

A QUARENTENA NA ÍNDIA

A Índia está em isolamento total desde o último dia 24 de março, no que já é considerada a maior quarentena imposta na história, pois obriga que 1,3 bilhão de pessoas fiquem em casa, e possam sair apenas para realizar atividades essenciais, como compra de alimentos, medicamentos ou atendimento médico.

A quarentena está sendo realizada para que o sistema de saúde do país, já precário, não entre em colapso rapidamente devido ao alto número de infectados pelo coronavírus, e vem sendo imposta a risca pelo governo indiano. Cenas de policiais parando pessoas nas ruas e as obrigando a voltar para casa, utilizando-se inclusive de varas de bambu, são comuns nas redes sociais na última semana.

Autor

Compartilhe