Regina Duarte deixa a Globo após 50 anos

Autor

Categorias

Compartilhe

Regina Duarte deixa oficialmente a Globo após 50 anos de contrato nesta sexta-feira (28). A atriz deixará a TV para dedicar-se ao cargo de Secretária da Cultura, após convite do governo Bolsonaro. O encerramento do contrato de Regina com a Globo foi confirmado pela emissora através de um comunicado.

A decisão já estava tomada há tempos, visto que Regina já havia comunicado a emissora a intenção de integrar o governo, fato que contraria as políticas da emissora, que não permite que artistas contratados tenham atividades políticas enquanto estiverem trabalhando para a emissora. Regina era dona de um dos contratos mais longos da Globo, desde 1969 ela fazia parte do quadro da emissora.

“Deixar a TV Globo é como deixar a casa paterna. Aqui recebi carinho, ensinamentos e tive a oportunidade de interpretar personagens extraordinárias, reveladoras do DNA da mulher brasileira. Por mais de 50 anos sinto que pude viver, com a grande maioria do povo brasileiro, um caso de amor que, agora sei, é para sempre”, disse Regina Duarte no comunicado emitido pela emissora.

Carreira

Regina Duarte como a viúva Porcina ao lado de Lima Duarte (Reprodução)
Regina Duarte como a viúva Porcina ao lado de Lima Duarte (Reprodução)

Regina Duarte iniciou a carreira na Globo em 1969, na novela “Véu de Noiva”, após ser contratada da extinta TV Excelsior. A atriz teve vários personagens marcantes nas 31 novelas que participou na emissora nos 50 anos de casa, entre eles a órfã Patrícia, na novela “Minha Doce Namorada”, de 1971, que lhe rendeu o apelido de namoradinha do Brasil.

Outras personagens marcantes na carreira de Regina Duarte na teledramaturgia da Globo foram a Viúva Porcina, de “Roque Santeiro” em 1985, Maria do Carmo em “Rainha da Sucata” de 1990 e Chiquinha Gonzaga, na minissérie de mesmo nome que retratava a vida da maestrina brasileira em 1999. Outra personagem que marcou Regina Duarte foram as “Helenas”, em novelas de Manoel Carlos. Ela viveu as personagens em “História de Amor” (1995), “Por Amor” (1997) e “Páginas da Vida” (2006).

Ao todo, Regina Duarte participou de 31 novelas na Globo, oito casos especiais e mais de uma dezena de séries e minisséries na emissora.

Autor

Compartilhe